Intervenção em meio aquático nas (PEA)

20150515 intervencao aquatico

Ficha de inscrição Ficha Técnica

  • DESTINATÁRIOS
    Profissionais e estudantes da área da saúde e da educação.

    COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR
    Conhecimentos acerca das PEA;
    Conhecimentos sobre intervenções em meio aquático;
    Avaliação, definição de objetivos e implementação de intervenção em indivíduos com PEA.

    OBJETIVOS GERAIS
    Adequar a intervenção em meio aquático à população com PEA, no âmbito da reabilitação.

    OBJETIVOS ESPECÍFICOS
    Adquirir conhecimentos acerca das PEA;
    Adquirir conhecimentos sobre os benefícios da intervenção em meio aquático;
    Explorar diferentes tipos de intervenções em meio aquático;
    Adequar a intervenção em meio aquático à população com PEA;
    Potenciar as capacidades dos indivíduos com PEA, no meio aquático.

    METODOLOGIA DE ENSINO
    O curso será organizado numa perspectiva teórico-prática, com suporte audiovisual e participação ativa do formando com metodologias de ensino-aprendizagem activas, aprendizagem experiencial e reflexão conjunta estruturada.

    CERTIFICADO
    O Certificado de Presença é emitido mediante a frequência de pelo menos 75% do número total de horas da acção de formação.
    O certificado de formação profissional é emitido através do SIGO, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

  • Judite Ferreira
    Mestrado em Educação Especial, pela Universidade do Minho. Pós-graduação em Educação Especial, pela Universidade de Minho. Licenciatura em Educação Especial e Reabilitação, pela Faculdade de Motricidade Humana.
    Desde 2010 a trabalhar como técnica de psicomotricidade na Fundação AMA, a acompanhar exclusivamente crianças e jovens com Perturbação do Espetro do Autismo. De 1999 a 2010 a trabalhar com crianças e jovens com perturbações e/ou atraso do desenvolvimento, tanto em instituições como a nível particular. Experiência de trabalho em equipa multidisciplinar, assim como em diferentes contextos de intervenção

    Diana Lima
    Mestre em Terapia Ocupacional, na área de especialização em “Crianças e Jovens”, pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto (IPP). Licenciada em Terapia Ocupacional pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto (IPP). Terapeuta Ocupacional a exercer funções na Fundação AMA Autismo desde 2013, em diferentes contextos - terapêutico, escolar, domiciliário ou piscina. Exerce funções em clínicas privadas. Formadora certificada desde abril de 2014. Bolseira de integração em centros e grupos de investigação do Instituto Politécnico do Porto no Laboratório de Reabilitação Psicossocial da Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto do Instituto Politécnico do Porto e Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (de Novembro de 2011 a Junho de 2012). 

    Sara Silva
    Licenciatura em Reabilitação Psicomotora pela UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro em 2010. Desde Setembro de 2010 trabalha na Fundação AMA Autismo. Tem frequentado formação na área das Perturbações do Espetro do Autismo (PEA) nomeadamente ao nível da Intervenção no Meio Aquático e Equitação Terapêutica. Formadora Certificada desde Abril de 2014.

    Gisela Brás
    Licenciada em Terapia Ocupacional pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto (IPP). Mestre em Atividade Física Adaptada, na área de especialização em “Desenvolvimento Motor em Crianças e Jovens com PEA”, pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Terapeuta Ocupacional a exercer funções na Fundação AMA Autismo desde 2009, em diferentes contextos - terapêutico, escolar, domiciliário ou piscina. Desempenha também função de direção técnica na Fundação AMA. Participou em diversas ações como: “Tenchnical Analysis of Paralympic Swimmers” e Natação Adaptada, ministrada pelo Prof. Dr. Daniel Daly (FADEUP); “O Conceito de Halliwick – Hidroterapia Neurofisiológica”, pelo Sénior Johan Lambeck.

  • Apresentação e caracterização das PEA:

    • Principais características das PEA;
    • Breve abordagem sobre a evolução histórica;
    • Perspectivas atuais de diagnóstico segundo o DSM V;
    • Etiologia e epidemiologia ;
    • Comorbilidades.

    Princípios e propriedades da água.

    • Vantagens e desvantagens da intervenção no meio aquático.
    • Natação vs natação adaptada vs hidroterapia.

    Piscina (componente prática):

    • O grupo de formandos será divido em sub-grupos. Cada sub-grupo terá um estudo de caso, desenvolvendo uma sessão em meio aquático adaptada às características e necessidades do caso com posterior implementação em role-play.
    • Discussão de cada apresentação, reflectindo sobre as diferentes estratégias de intervenção no meio aquático.

    Áreas de intervenção nas PEA:

    • Comunicação;
    • Comportamento;
    • Socialização;
    • Cognição;
    • Sensorio-motora;
    • Autonomia.

    Intervenção no meio aquático para pessoas com PEA:

    • Efeitos e benefícios;
    • Precauções e contra-indicações;
    • Avaliação.

    Adaptação ao meio aquático: diferentes fases


    Natação Estruturada: conceito, objetivos, organização e conteúdo.


    Piscina (componente prática):

    • O grupo de formandos será divido em sub-grupos. Cada sub-grupo terá um estudo de caso, desenvolvendo uma sessão em meio aquático adaptada às características e necessidades do caso com posterior implementação em role-play.
    • Discussão de cada apresentação, reflectindo sobre as diferentes estratégias de intervenção no meio aquático.
  • DURAÇÃO
    A formação Intervenção em Meio Aquáticos na PEA tem a duração de 24 Horas.

    CRONOGRAMA E HORÁRIO
    Decorre a 18 e 19 de Setembro e 25 e 26 de Setembro


    18 de Setembro (sex.)

    19 de Sábado (sáb.)

    25 de Sexta (sex.)

    26 de Sábado (sáb.)

    18:00 às 22:00

    9:00 às 12:00
    13:00 às 18:00

    18:00 às 22:00

    9:00 às 12:00
    13:00 às 18:00

    Data limite de inscrições: 13 de Setembro
    NOTA: data e horários sujeitos a eventuais alterações.

    LOCAL
    A formação decorre na ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e nas Piscinas Municipais Frederico Pinheiro (junto ao Pavilhão de Santa Mª Maior).

    Avenida Capitão Gaspar de Castro,
    4901-908 Viana do Castelo


    CONTACTOS DA FUNDAÇÃO AMA

    Estrada da Papanata, nº 223
    4900-470 Viana do Castelo 

    TELF: 258843900
    TELM: 966190086
    EMAIL: formacao@fundacaoamaautismo.pt

  • INSCRIÇÃO

    Até 30 de Agosto - €100 

    De 30 de Agosto a 13 de Setembro - 120

    PAGAMENTOS (opções):
    - Pagamento na Fundação AMA
    - Transferência Bancária ( IBAN: PT.50.0036.0407.99106004259.61)
    NOTA: Só serão consideradas as inscrições acompanhadas do respectivo pagamento ou comprovativo do mesmo - o comprovativo de transferência deverá ser remetido via e-mail.

    DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:
    - Ficha de candidatura (disponível na Fundação AMA, a pedido por email ou no Facebook da Formação);
    - Fotocópia do BI e NIF / Cartão do Cidadão;
    - Envio de comprovativo de pagamento da inscrição;
    - Dados necessários à emissão do recibo de pagamento

    CRITÉRIOS DE SELEÇÃO:
    - Ordem de chegada das candidaturas (a candidatura só é válida após o pagamento da inscrição);
    - Análise Curricular (se necessário);
    - Entrevista (se necessário);

    NOTAS
    (a) A data limite de candidaturas e inscrições poderá ser antecipada em caso de se verificar o preenchimento do limite de vagas existentes;
    (b) Na eventualidade de não atingir o número mínimo de participantes, as formações poderão sofrer alteração de datas ou mesmo ser cancelada, ficando salvaguardada a devolução de todas as importâncias recebidas pelo Fundação AMA.

    (c) Em ações de formação não financiada, caso o formando comunique a desistência, não justificada, após a data de início da ação de formação, a Fundação AMA reserva-se o direito de não reembolsar o valor de 100% pago no ato de inscrição. Caso o formando comunique a desistência até à data de início da ação de formação a Fundação AMA reserva-se o direito de atribuir apenas 50% do valor pago no ato de inscrição. Se a desistência for comunicada até à data limite da inscrição, será devolvido 90% do valor da formação, sendo que os 10% correspondem às taxas administrativas. Em caso de desistência devidamente justificada (artº 11), será devolvido 90% do valor pago. As devoluções realizar-se-ão num prazo máximo de 5 dias úteis, após a comunicação da desistência.
    Nos casos em que a formação seja cancelada pela própria Fundação AMA, por motivos auto imputáveis, será devolvido 100% do valor da inscrição.
    (d) O local de formação poderá estar sujeito a alterações por indisponibilidade do mesmo, mantendo-se sempre na mesma localidade;
    (e) As datas de formação são suscetíveis a alterações por imprevistos de força maior.